Conceito de Aids (Síndrome da Imunodeficiência Adquirida)

HIVA Aids ou Síndrome da Imunodeficiência Adquirida é uma doença que afeta os seres humanos e transmite o vírus da imunodeficiência humana (HIV) somente através da troca de fluidos corporais, como sêmen, sangue, secreções vaginais e leite materno, deixando de lado e anulando as crenças da maioria das mentes primitivas que conseguiram promulgar e manter por um longo tempo, até hoje, mesmo gerando uma atitude de rejeição e discriminação generalizada para com os doentes, que compartilhar um copo e cumprimentar uma pessoa com Aids são causas de transmissão da doença.

O HIV enfraquece o sistema imunológico para que possa fazer frente a infecções ou outras condições patológicas; para esta questão é muito comum que para uma doente com AIDS, uma simples gripe ou pneumonia, que para outros é um quadro de atenção, mas que não implica em maior gravidade, sejam mortais.

Pode ser que uma pessoa esteja infectada pelo vírus, mas que não o desenvolve, neste caso, não há um risco de vida, no entanto, será considerado que já desenvolveu a doença quando seu nível de linfócitos T CD4, que são as células que o vírus ataca, decline abaixo de 200 células por mililitro de sangue.

Em relação à origem da doença existem das mais variadas, concretas e absurdas hipóteses. Por exemplo, dentro desta última categoria se afirma que a Aids acontece como consequência do sexo anal, expandindo desta maneira o alcance da doença aos homossexuais e daqueles indivíduos de vida libertina e dissipada, e que contribui ao que seria a primeira postura que surgiu no início da doença, também chamada de doença rosa, nos primeiros anos da década de oitenta do século passado.

No entanto, a mais reconhecida na atualidade e que de um lado fez esse reducionismo que caiu no início, afirma que a doença é o resultado de um vírus chamado vírus da imunodeficiência símia.

Enfim, a Aids é uma das principais causas de morte no mundo, principalmente nos países menos desenvolvidos e embora por sorte e graças aos tratamentos que incluem coctéis de drogas, a Aids nos últimos anos, já não é um caminho seguro para a morte, é preciso que as pessoas tomem consciência que o flagelo ainda existe e que não é patrimônio exclusivo dos homossexuais e que qualquer um é plausível de sofrer a doença, por isto, se aconselha sempre a utilização de preservativos em caso de manter relações sexuais ocasionais e solicitar o uso de materiais descartáveis e esterilizados em caso de transfusões ou outros estudos pelo risco de contágio que existe através desta via.

0 dia 1º de dezembro foi escolhido como o Dia Mundial da luta contra a Aids pela Cúpula Mundial dos Ministérios da Saúde celebrada em 1988.

>> Próximo - Que Conceito >>


Para citar no seus trabalhos (Norma ABNT):

Aids (Síndrome da Imunodeficiência Adquirida). QueConceito. Sao Paulo.
Disponível em: < http://queconceito.com.br/aids >. Acesso em: [data-na-qual-o-artigo-foi-visto]

Relacionados Aids (Síndrome da Imunodeficiência Adquirida)