Conceito de Abstinência

abstinenciaA abstinência é a renuncia por completo à satisfação de um desejo ou vontades de determinadas atividades corporais como o sexo, a alimentação, o álcool e outras drogas, que as têm incorporadas e experimentadas por longo tempo, como consequência de alguma imposição, proibição religiosa ou por alguma razão prática, sendo que ela pode ser voluntaria ou imposta dependendo da situação.

A abstinência pode ser observada de diversas formas. Por um lado, podemos ter a abstinência temporária ou parcial, isto é, aquela que se realiza por um período determinado de tempo com o objetivo de cumprir alguma promessa que se tenha feito dentro de um enquadramento religioso. Por exemplo, uma pessoa que promete jejuar por três dias porque prometeu ao Santo do qual é devoto com o objetivo de que seu filho que se encontrava padecendo de uma complicada doença se curasse. Esse tipo de abstinência é muito comum no contexto religioso.

Por outro lado, as religiões também ostentam alguns compromissos que requerem a abstinência de seus fiéis. O cristianismo, por exemplo, prega a abstinência, pois se abstém de comer carne durante a sexta-feira, devido à celebração da Páscoa e obriga os religiosos que decidem consagrar sua vida ao movimento que cumpram para o celibato a absoluta abstinência sexual durante toda sua vida. Ou para os muçulmanos o qual o tempo de jejum durante o mês da celebração de Ramadã se estende do amanhecer à escuridão.

Além disso, é muito comum nos encontrarmos com aquelas abstinências que são produto da interrupção intempestiva no consumo de drogas como o álcool, a cocaína, a heroína, entre outras.

Em termos médicos, esse tipo de abstinência é denominada síndrome de abstinência e se caracteriza pela manifestação de um conjunto de reações físicas ou corporais que o viciado tem quando não está mais consumindo-as. Não existe uma universalidade de sintomas de abstinência, senão que a cada droga observam-se seus próprios sintomas. Por exemplo, no caso da abstinência de álcool, esta será caracterizada por tremor, calafrios, debilidade, dor de cabeça, desidratação e náuseas, e na dos fumantes uma irrefreável necessidade de acender um cigarro, tensão, irritabilidade, dificuldade para se concentrar, insônia, aumento de apetite e de peso.

Embora em uma menor medida, este tipo de abstinência em vez de ocorrer devido à falta do consumo de uma droga pode ocorrer também pela ausência ou desaparecimento de uma pessoa da qual se era absolutamente dependente e se converter em uma abstinência emocional, comum entre as patologias psíquicas.

>> Próximo - Que Conceito >>


Para citar no seus trabalhos (Norma ABNT):

Abstinência. QueConceito. Sao Paulo.
Disponível em: < http://queconceito.com.br/abstinencia >. Acesso em: [data-na-qual-o-artigo-foi-visto]

Relacionados Abstinência